Conheça 5 práticas para melhorar a circulação sanguínea

Conheça 5 práticas para melhorar a circulação sanguínea

Câimbras, inchaços, manchas nas pernas, varizes, tonturas e enfraquecimento do sistema imunológico, por exemplo, são apenas alguns dos problemas que podem ser evitados com atitudes que ajudam a melhorar a circulação sanguínea.

Por ser um processo vital para a nossa saúde e que interfere no funcionamento de todo o organismo, é de extrema importância que você esteja sempre atento a esses sinais.

E por que isso? Bem, a má circulação do sangue pode dar início a uma série de complicações, muitas delas consideradas graves.

Em vista disso, se você deseja envelhecer com saúde, sentir-se bem e prevenir a incidência de diversas doenças, é fundamental ter bons hábitos para que a sua circulação não seja prejudicada.

Pensando nisso, preparamos este artigo justamente para abordar o que pode ser feito. Aqui, você verá cinco práticas para melhorar o fluxo sanguíneo. Não perca a leitura. Confira!

1. Alimentação rica em vitaminas e minerais

Como era de se esperar, a alimentação tem papel muito importante para essa função. Basicamente, aqui estamos nos referindo ao hábito de consumir alimentos ricos em vitaminas e minerais, já que esses nutrientes contribuem para a boa saúde dos vasos sanguíneos, um fator que certamente favorecerá a sua circulação.

A seguir, veja alguns alimentos que você não pode deixar de fora do seu cardápio:

  • limão, laranja, goiaba e kiwi: ricos em vitamina C, a qual é excelente para o fortalecimento das veias e artérias;
  • alho e cebola: excelentes fontes de alicina, uma substância poderosa no combate à obstrução dos vasos sanguíneos;
  • manga, tomate, amêndoas e castanha-do-pará: ricos em antioxidantes, substâncias que atuam diretamente na proteção das células de todo o organismo, incluindo o sistema circulatório;
  • atum, salmão e sardinha: ótimas fontes de ômega 3, um nutriente que facilita a circulação por melhorar a fluidez do sangue;
  • abacate, banana e iogurte desnatado: ricos em potássio, um mineral que ajuda a diminuir o inchaço do corpo, favorecendo a circulação sanguínea.

Procure utilizar esses alimentos como parte da sua alimentação. Substitua os refrigerantes por sucos naturais. O alho e a cebola podem ser usados como temperos e determine pelo menos um dia da semana para incluir os peixes em sua dieta.

Além disso, evite salgar demais a comida e não se esqueça de beber bastante água, no mínimo dois litros por dia. Uma boa dica é adicionar ao sal ervas desidratadas como orégano, salsinha e cebolinha. Isso contribui para o menor consumo deste tempero que é rico em sódio, mineral que aumenta a pressão arterial e sobrecarrega o sistema circulatório.

2. Exercícios que contribuem para a circulação sanguínea

A prática de atividades físicas é tão importante quanto adotar uma alimentação de qualidade. Nesse caso, logicamente, o ideal é ter foco nos exercícios conhecidos por contribuírem para a circulação sanguínea.

Na maioria das vezes, os problemas relacionados à má circulação afetam as pernas, resultando em diferentes sintomas, como:

  • dores;
  • inflamações;
  • varizes;
  • manchas;
  • inchaço.

Todos esses incômodos causam dificuldade e, consequentemente, piora da qualidade de vida. Em geral, seus membros inferiores precisam se esforçar mais para fazer com que o sangue retorne ao coração, sendo esse um dos motivos pelo qual as pernas são comumente afetadas.

De qualquer modo, separamos alguns exercícios para você fazer sem sair de casa. São eles:

Levantar e flexionar as pernas

A ideia desse exercício é simples, mas de muita ajuda: estimular o fluxo sanguíneo para evitar ou tratar problemas como as varizes.

Para executá-lo não há segredo algum. Basta deitar-se de barriga para cima e levantar as pernas, estendendo-as o máximo que puder. Ao formar um ângulo de 90 graus, flexione os joelhos e volte a esticar a perna: repita essa movimentação por 20 vezes.

Simulação de bicicleta

Semelhante à atividade anterior, a simulação de bicicleta tem praticamente o mesmo propósito: facilitar a circulação nas pernas.

Nesse caso, é preciso apenas simular as pedaladas de uma bicicleta. O melhor jeito de fazer isso é deitar de barriga para cima e mover as pernas ao mesmo tempo.

Flexão dos pés

Outro exercício que funciona muito bem é a flexão dos pés. Aqui, você pode praticá-lo de pé ou sentada, como preferir. Em relação aos movimentos, levante a parte frontal do pés e os mantenha elevados por alguns instantes: o calcanhar deve ficar em contato com o chão.

Em seguida, faça o contrário: levante o calcanhar e deixe os dedos no chão. Complete 15 repetições para cada pé. ​

Caminhada

Não poderíamos deixar de citar uma das melhores atividades para o fluxo do sangue: a caminhada. O recomendado é praticá-la por pelo menos 20 minutos ao dia, em uma esteira ou na rua. Lembre-se de utilizar calçados adequados, como tênis com amortecedores, que reduzem os impactos causados pelos exercícios e previnem danos à coluna.

3. Massagens nas pernas

Mais uma maneira de melhorar a circulação sanguínea é por meio de massagens nas pernas. Nesse sentido, não há necessidade de procurar um massagista profissional, você mesma pode realizar o procedimento.

Ao sair do banho, deite-se na cama e relaxe as pernas por aproximadamente 20 minutos. Após esse período, comece a massageá-las usando a ponta dos dedos. Faça movimentos de baixo para cima, como se estivesse trazendo o sangue para a parte superior do corpo. Uma dica: use cremes hidratantes ou óleos para massagens a fim de facilitar o seu trabalho.

CTA Ginkgo Biloba4. Substâncias naturais

Cada vez mais populares, as substâncias naturais estão sendo utilizadas para diversos fins relacionados à saúde. A circulação sanguínea é uma delas, sendo o extrato de Ginkgo biloba um dos suplementos mais indicados. Esta planta que atua sobre a circulação em vários níveis, melhorando a irrigação periférica e prevenindo inchaços nas pernas.

Além disso, ela atua como um captador de radicais livres e inibidor da agregação das plaquetas, células que promovem a coagulação do sangue, o que diminui o risco de trombose. Também é indicada no tratamento de problemas psico-comportamentais relacionados ao envelhecimento, como dificuldade de concentração, memória fraca e déficit cognitivo.

5. Meias de compressão

Antes de concluirmos, é importante que você saiba que as meias de compressão são muito eficazes para a circulação. Na verdade, esse acessório foi projetado exatamente com esse propósito: o de ajudar o sangue a circular com maior facilidade.

Por fim, é preciso deixar claro o que deve ser evitado. Sobretudo, evite fumar, consumir bebida alcoólica em excesso, ficar muito tempo em uma mesma posição e descuidar da sua alimentação, especialmente no que se refere às gorduras e aos açúcares.

Se você gostou deste artigo sobre como melhorar a circulação sanguínea e quer ficar por dentro de outros assuntos relacionados à saúde e ao bem-estar, assine a nossa newsletter e receba os melhores conteúdos diretamente em seu e-mail!

E-book Colesterol

 

Fernanda Satlher

por Fernanda Satlher

Diretora da BS Pharma, ciclista, mãe e adora escrever artigos. Farmacêutica industrial graduada pela UFMG com 22 anos de experiência e pós-graduada em Farmácia Magistral Pela UNESP- Araraquara. Gestora de projetos pelo IBMEC - MG.